A (Re)produção dos saberes

educação e a cerâmica artesanal do distrito administrativo de Icoaraci, Belém - PA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.62516/terra_livre.2023.3155

Palavras-chave:

Cerâmica artesanal, saberes tradicionais, educação, lugar

Resumo

Pensar em produções artesanais nos faz entrever a importância do fazer humano, a interpretação da natureza e na expressividade dos pensamentos. A materialização da pesquisa teve como lócus a Escola Liceu Artes e Ofícios Mestre Raimundo Cardoso com suas bases no ensino interdisciplinar, pautando a formação dos educandos na valorização da relação sujeito-meio, promovendo diversas atividades que encontram na cultura local. Buscamos compreender a educação pautada em uma perspectiva voltada à transmissão de saberes tradicionais. Foram adotados como procedimentos metodológicos o levantamento bibliográfico e trabalhos de campo exploratórios. Extraímos de seus preceitos, uma visão que relaciona favoravelmente a educação e a valorização cultural da arte, tendo a escola como ponto de fluxo entre os saberes tradicionais e a relação afetiva e experiencial com espaço. Nesse cenário, em um viés geográfico, apontamos o lugar enquanto conceito fundamental para a análise da relação entre escola e comunidade, atuando como uma potência à manutenção do projeto e o seu caráter efetivo no sentido educacional.

Biografia do Autor

João Victor Rocha Leão, UEPA - Universidade do Estado do Pará

Mestrando pelo Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade do Estado do Pará (PPGG/UEPA)

Wanessa Viviane Paixão Farias, Universidade do Estado do Pará

Geografa e pesquisadora 

Referências

BEZERRA, Marcia. A urna bordada: artesanato e arqueologia na Amazônia contemporânea. Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi, Belém, v. 15, n. 3, p. 01 - 17, 19 mar. 2020. Disponível em: https://www.scielo.br/j/bgoeldi/a/VjcZFnQdfVP4qMDYh4nL3bH/?lang=pt. Acesso em: 29 ago. 2023. DOI: https://doi.org/10.1590/2178-2547-bgoeldi-2019-0124

CALLAI, Helena Copetti. Aprendendo a ler o mundo: a geografia nos anos iniciais do ensino fundamental. Cadernos CEDES, 2005, v. 25, n. 66, p. 227-247. DOI: https://doi.org/10.1590/S0101-32622005000200006

CALLAI, Helena Copetti. Escola, cotidiano e lugar. In: MARGARIDA, Marísia; BUITONI, Santiago. Geografia: Ensino Fundamental. Brasília: Ministério da Educação, 2010. v. 22, cap. 1, p. 25 - 42.

CARLOS, Ana Fani Alessandri. O lugar no/do mundo. São Paulo: FFLCH, 2007.

CAVALCANTI, L. S. O Ensino de Geografia na Escola. 1. ed. Papirus Editora, São Paulo, 2012.

CAVALLO, Cristina; LUCK, Esther H. Design e ofícios artesanais na educação. In: Coleção Empreendedorismo e gestão para professores do ensino médio. Org.: MORAES, Joysi; MARIANO, Sandra R. H.; CUNHA, Robson M. Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2022.

CRISTINA M., Pescador. Tecnologias Digitais e Ações de Aprendizagem dos Nativos Digitais. V CINFE, Caxias Do Sul, 2010.

FORD, Raywen. Apreciação do artesanato e educação infantil. Revista Pro-posições, vol. 10, nº 3 [30]. Campinas: FE/Unicamp, novembro de 1999.

FRADE, Isabela. O neo-mar em comunicação. LOGOS: Comunicação e Artes, Rio de Janeiro, ed. 18, p. 110 - 127, 1º semestre de 2003.

FRAZZON, Lúcia Morosini. Teoria da Aprendizagem Significativa de David Ausubel. Revista Pedagógica, Chapecó, ed. 3, p. 7 - 32, 1999.

MOREIRA, Erika Vanessa; HESPANHOL, Rosângela Aparecida de Medeiros. O lugar como uma construção social. Revista Formação, [s. l.], ano 14, v. 2, p. 48 - 60, 2007. Disponível em: https://revista.fct.unesp.br/index.php/formacao/article/view/645/659. Acesso em: 15 jun. 2023.

MOREIRA, M. A. A teoria da aprendizagem significativa de Ausubel. Série Enfoques Teóricos, Porto Alegre, n. 10, p. 151 - 165, 1995.

SANTOS, Barbara de. Bordados, Artesanato e Educação. Orientador: Ana Angélica Medeiros Albano. 2016. 118 p. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Pedagogia) - Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2016.

TAVARES, Auda Edileusa Piani; FIGUEIREDO, Silvio Lima. Saberes tradicionais e interculturalidade: o fazer cerâmica em Icoaraci, Pará. In: ALMEIDA, Oriana Trindade de; FIGUEIREDO, Sílvio Lima; TRINDADE JR, Saint-Clair Cordeiro da. Desenvolvimento e Sustentabilidade. Belém: NAEA, 2012. cap. 7, p. 102 – 115.

TAYANNE CID, Costa. Manifestações culturais do Pará no cotidiano escolar: reflexões sobre as práticas educativas dos professores do Liceu Escola de Artes e Ofícios “Mestre Raimundo Cardoso”. Orientador: Cezar Luís Seibt. 2017. 96 p. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Pará, Belém, 2017.

TUAN, Y. FU. Topofilia: um estudo da percepção, atitudes e valores do meio ambiente. São Paulo/Rio de Janeiro. Difel. 1980.

TUAN, Yi Fu. Espaço e Lugar: a perspectiva da experiência. Trad. Lívia de Oliveira. São Paulo: Difel, 1983.

VIEIRA, Eliete de L.; ALVES, Joel M. A.; PONTES Altem N. O artesanato de Icoaraci: um estudo sobre os indivíduos envolvidos no comércio de cerâmicas em Belém, Pará, Brasil. Revista Contribuciones a las Ciencias Sociales, 2016.

Downloads

Publicado

2024-02-23

Como Citar

ROCHA LEÃO, J. V.; PAIXÃO FARIAS, W. V. A (Re)produção dos saberes : educação e a cerâmica artesanal do distrito administrativo de Icoaraci, Belém - PA. Terra Livre, [S. l.], v. 1, n. 60, p. 572–610, 2024. DOI: 10.62516/terra_livre.2023.3155. Disponível em: https://publicacoes.agb.org.br/terralivre/article/view/3155. Acesso em: 17 abr. 2024.