Luta por espaço no processo de urbanização em Santarém/PA: análise do bairro Vista Alegre do Juá

Autores

Palavras-chave:

Ocupação urbana, cidade, Amazônia, Santarém/PA

Resumo

Este artigo tem como objetivo analisar o processo de urbanização recente na cidade de Santarém/PA a partir de um estudo sobre a formação do bairro Vista Alegre do Juá, com seus processos de lutas por espaço e direito à moradia na cidade. O bairro Vista Alegre do Juá, localizado em área de expansão urbana do município de Santarém, no estado do Pará, foi formado a partir de reivindicação popular em um imóvel que há décadas não exercia algum tipo de uso na cidade e cuja titulação de propriedade é controversa. A população do bairro é constituída, em sua maioria, por trabalhadores que sobrevivem com renda menor que um salário-mínimo e resistem em meio à falta de serviços básicos na área ocupada. Esta pesquisa demonstra como a cidade, enquanto espaço formado por diferentes agentes, está organizada aos interesses diversos, nos quais a população menos favorecida financeiramente muitas vezes não está incluída, o que contribui para a formação de ocupações urbanas.

Biografia do Autor

Jacilene Cleice da Silva Rego, UNIR

Mestranda em Geografia pelo Programa de Pós-Graduação Mestrado e Doutorado em Geografia - PPGG da Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR), turma de 2020, na linha de pesquisa Território e Sociedade na Pan-Amazônia (TSP). Membra do Grupo de Pesquisa em Geografia e Ordenamento do Território na Amazônia (GOT-Amazônia). Graduada em Licenciatura Plena em Geografia pela Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) no ano de 2019. Com experiência em Geografia Urbana, Geografia Agrária e Cartografia.

Maria Madalena de Aguiar Cavalcante, Universidade Federal de Rondônia

Geógrafa, Especialista em Gestão Ambiental, Mestre em Geografia pela Universidade Federal de Rondônia e Doutora em Geografia pela Universidade Federal do Paraná. Líder do Grupo de Pesquisa em Geografia e Ordenamento do Território na Amazônia (GOT-Amazônia). Atua na linhas de Pesquisa: Planejamento e Gestão do Território na Amazônia; Dinâmicas Territoriais e Meio Ambiente - com ênfase em conflitos socioambientais, unidades de conservação, desmatamento, mudança no uso e cobertura da terra, impactos ocasionados pela implantação de grandes obras de infraestrutura (hidrelétricas, rodovias e hidrovias) e Crimes Ambientais. Coordenou o Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal de Rondônia (2014-2018), obtendo a aprovação do primeiro doutorado em Geografia da região norte em sua gestão.

Referências

BECKER, B. Amazônia. São Paulo: Ática, 1990. (Série Princípios).

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Disponível em < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm1>. Acesso em 03 fev. 2022.

BRASIL. Estatuto da Cidade. 3. ed. Brasília: Senado Federal, Subsecretaria de Edições Técnicas, 2008. 102 p.

BRASIL. MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL. Ação civil pública com pedido de decisão liminar IN INITIO LITIS E INAUDITA ALTERA PARS em desfavor da SISA – Salvação Empreendimentos Imobiliários Ltda-Me (Buriti Imóveis), Estado do Pará e Município de Santarém. 102 p., 2017. Disponível em <http://www.mpf.mp.br/pa/sala-de-imprensa/documentos/2017/acp-licenciamento-buriti-imoveis>. Acesso em: 23 fev. 2019.

CANETTIERI, Thiago. O debate sobre as ocupações urbanas revisitado: entre o vício (da virtude) e a virtude (do vício), a contradição. Revista E-metrópolis, nº 29. Junho de 2017.

CARDOSO, A. C.; VENTURA, R. No. (2013). A evolução urbana de Belém: trajetórias de ambiguidades e conflitos socioambientais. Cadernos Metrópole, 15(29), 55-75.

CARVALHO, Sonia Nahas de. Estatuto da Cidade: aspectos políticos e técnicos do plano diretor. São Paulo em Perspectiva, vol. 15, n. 4. ISSN 1806-9452. São Paulo, out./dez. 2001.

CORRÊA, Roberto Lobato. A periodização da rede urbana da Amazônia. In: Revista Brasileira de Geografia. Rio de Janeiro, 1987. Ano 49, n. 3, p. 39-69. ISBN 0034-723X. Disponível em: <https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/periodicos/115/rbg_1987_v49_n3.pdf>. Acesso em: 23 jan. 2019.

CORRÊA, Roberto Lobato. O espaço urbano. São Paulo: Ática, 1989.

COSTA, Tatiane de Cássia Silva da. A relação cidade e rio na Amazônia: mudanças e permanências frente ao processo de urbanização recente, o exemplo de Santarém (PA). Dissertação (Mestrado). Universidade Federal do Pará, Núcleo de Altos Estudos Amazônicos. 163 p. Belém, 2012.

FERREIRA, J. D.; TOBIAS, M. S. G., OLIVEIRA, J. M. G. C. e LOURENÇO, J. M. (2010) Análise dos fatores determinantes do plano-processo de Santarém-Pa-Brasil. Revista de Divulgação Científica – AICA, n. 2, s/p.

GONÇALVES, Carlos Walter Porto. Amazônia, Amazônias. São Paulo: Contexto, 2001.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Cidades. Brasil/Pará/Santarém. Disponível em <https://cidades.ibge.gov.br/brasil/pa/santarem/panorama>. Acesso em 14 jan. 2022.

LEÃO, Renato Freitas de Castro; OLIVEIRA, Janete Marília Gentil Coimbra de. O plano diretor e a cidade de fato: o caso de Santarém-Pa. Revista Geográfica de América Central, Número Especial – EGAL, 2011. ISSN-2115-2563. Disponível em <https://www.redalyc.org/pdf/4517/451744820750.pdf>. Acesso em 13 ago. 2021.

MARICATO, E. É a questão urbana, estúpido! In: Cidades Rebeldes: Passe Livre e as Manifestações que Tomaram as Ruas do Brasil. 1ª ed. – São Paulo: Boitempo: Carta Maior, 2013.

MUNIZ, P. (1904). Patrimônios dos conselhos municipaes do Estado do Pará. Lisboa: Aillaud & Cia.

RAMOS, J. R. B. A Urbanização de Santarém e a Preservação Ambiental do Lago do Mapiri: um estudo de caso. Rio de Janeiro: UFRJ, 2004. 117 f. Dissertação (Mestrado em Planejamento Regional Urbano), Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2004. Disponível em: <https://docplayer.com.br/34033095-A-urbanizacao-de-santarem-e-apreservacao-ambiental-do-lago-mapiri-um-estudo-de-caso.html>. Acesso em: 20 jan. 2019.

REGO, Jacilene Cleice da Silva. A territorialização das lutas e (re)existências do Movimento dos Trabalhadores em Luta por Moradia (MTLM) na cidade de Santarém-PA. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação). Universidade Federal do Oeste do Pará, Instituto de Ciências da Educação. 105f, Santarém, 2019.

SANTARÉM, Câmara Municipal de. Plano Diretor do Município. 17 dez. 2018. Disponível em: <https://sapl.santarem.pa.leg.br/norma/1610>. Acesso em: 20 out. 2021.

SANTOS, M. Por uma Geografia Nova. São Paulo: EDUSP, 6° ed., 2° reimp. 2012.

SCHIFFMAN, L. & KANUK, L. Comportamento do consumidor. LTC Editora. 6 a ed. 2000.

TRINDADE JR., Saint-Clair Cordeiro da. Laços & nós: dinâmicas sub-regionais e interfaces cidade-rio na Amazônia. Revista Geográfica de América Central, vol. 2, julio-diciembre, 2011, pp. 1-16. Universidad Nacional Heredia, Costa Rica. Disponível em: <http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=451744820433>. Acesso em: 23 mar. 2019.

Downloads

Publicado

2022-12-29

Como Citar

JACILENE CLEICE DA SILVA REGO; MARIA MADALENA DE AGUIAR CAVALCANTE. Luta por espaço no processo de urbanização em Santarém/PA: análise do bairro Vista Alegre do Juá. Terra Livre, [S. l.], v. 1, n. 58, p. 130–159, 2022. Disponível em: https://publicacoes.agb.org.br/terralivre/article/view/2331. Acesso em: 30 jan. 2023.

Edição

Seção

Artigos