Em tempos de defesa do óbvio: os desafios da docência em Geografia

Autores

  • Victória Sabbado Menezes Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Resumo

O presente artigo tem o intento de propor uma discussão acerca da necessidade do óbvio no contexto hodierno, com o enfoque para o ensino de Geografia e a formação de professores. Busca problematizar os desafios da docência em Geografia no espaço escolar e apontar possibilidades para seu enfrentamento. Trata-se de um trabalho construído a partir de inquietações provenientes da prática profissional na licenciatura em Geografia, as quais são aprofundadas por meio de um debate teórico realizado a partir de uma revisão bibliográfica. Salienta-se a necessidade de defender o óbvio no contexto contemporâneo e propõe-se alternativas profícuas que podem assentar as práticas docentes, como a clareza epistemológica, a relação professor-aluno dialógica e questionadora e a Arte como impulsionadora de reflexão e sensibilização no ensino de Geografia. Em tempos de defesa do óbvio, urge repensar e ressignificar as posturas docentes com vistas à construção de um ensino de Geografia pautado no estranhamento, na sensibilidade e na humanização.

Downloads

Publicado

2020-03-02

Como Citar

MENEZES, V. S. Em tempos de defesa do óbvio: os desafios da docência em Geografia. Terra Livre, [S. l.], v. 2, n. 53, p. 93–123, 2020. Disponível em: https://publicacoes.agb.org.br/terralivre/article/view/1750. Acesso em: 30 jan. 2023.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)