O livro didático de Geografia para as séries iniciais do Ensino Fundamental e formação docente no Brasil

Autores

  • Ângela Massumi Katuta Universidade Federal do Paraná/AGB Presidente Prudente
  • Simone Conceição Pereira Déak Secretaria Municipal de Educação de Presidente Prudente

Resumo

Neste artigo, apresentamos um histórico do livro didático e as relações de sujeição dos docentes das séries iniciais com este recurso, vinculando-as à formação que recebem e às políticas voltadas à disseminação do seu uso. Demonstramos que a fragmentação do objeto e da razão está no cerne da identidade da polivalência do professor do referido nível de ensino, e se expressa nas políticas voltadas à sua formação, na elaboração dos Parâmetros e Diretrizes Curriculares Nacionais, na política nacional de livros didáticos, em sua produção e, consequentemente, na indicação destes últimos e sua utilização, demonstrando a necessidade de ruptura com a razão fragmentária nos diversos âmbitos do ensino. Refletimos sobre os encontros e desencontros entre o currículo das séries iniciais e o livro didático de geografia, que não dialogam entre si, o que reforça a manutenção de uma prática pedagógica docente e formação discente fragmentárias. Apontamos, enfim, para a necessidade de políticas educacionais de formação de professores das séries iniciais voltadas à contraposição dos fundamentos da razão moderna ocidental, o que implica em uma formação e produção livresca fundadas na dúvida do sujeito e não no “corte do objeto” que fundamenta o “corte da razão” e as práticas disciplinares do professor polivalente.

Biografia do Autor

Ângela Massumi Katuta, Universidade Federal do Paraná/AGB Presidente Prudente

Educadora da Universidade Federal do Paraná, trabalha com educação popular, comunidades tradicionais, educação do campo, formação inicial e continuada de professores.

Simone Conceição Pereira Déak, Secretaria Municipal de Educação de Presidente Prudente

Graduada em Geografia (Licenciatura e Bacharelado) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP - Campus de Presidente Prudente) em 1991, e em Pedagogia pela Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) em 1993. Possui Especialização em Planejamento e Gestão Municipal (1999), Mestrado em Educação (2004) e Doutorado em Educação, ambos na linha de pesquisa de Políticas Públicas, Organização Escolar e Formação de Professores. Coordenadora Pedagógica da Secretaria Municipal de Educação e Professora da FAPEPE - Faculdade de Presidente Prudente. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Administração de Sistemas Educacionais, Gestão escolar, Planejamento e Avaliação e Metodologia do Ensino de Geografia, História e Alfabetização atuando principalmente nos seguintes temas: Formação de Professores, Formação de Professores e Espaço Escolar, Ensino de Geografia, Metodologia de Ensino para a Educação Infantil e para o Ensino Fundamental(anos iniciais).

Downloads

Publicado

2017-04-27

Como Citar

KATUTA, Ângela M.; DÉAK, S. C. P. O livro didático de Geografia para as séries iniciais do Ensino Fundamental e formação docente no Brasil. Terra Livre, [S. l.], v. 1, n. 44, p. 114–143, 2017. Disponível em: https://publicacoes.agb.org.br/terralivre/article/view/612. Acesso em: 3 fev. 2023.