Ensino de geografia no Ensino Médio

aproximações entre trabalho e geografia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.62516/terra_livre.2023.3420

Palavras-chave:

Ensino Médio, politecnia, formação espacial, Trabalho

Resumo

O novo Ensino Médio está relacionado a orientações curriculares que vêm construindo o papel de educar os estudantes a partir de competências para atendimento das demandas do capitalismo rentista. O  artigo busca identificar os elementos para  construção do currículo de geografia do ensino médio na perspectiva da relação entre trabalho e Ensino de Geografia. A pesquisa foi norteada pelo método do materialismo histórico e dialético fundamentada na periodização de Moreira (2020) atrelada às ideias pedagógicas da periodização de Saviani (2019) relacionando os problemas do ensino médio, em particular sua dualidade histórica e o papel da Geografia nos diferentes períodos da formação espacial brasileira. A metodologia do artigo foi estruturada pela pesquisa  bibliográfica e entrevistas semiestruturadas com docentes da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, da FIOCRUZ/RJ. Nessa perspectiva, a politecnia, é considerada como saída teórica para o Novo Ensino Médio aliada a compreensão dos modos de produção indissociáveis a natureza.

Biografia do Autor

Jessilyn Gomes da Silva, UERJ/FFP

Mestre em Ensino de Geografia pelo Programa de Pós-Graduação em Geografia da Faculdade de Formações de Professores da Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Professora de Geografia da Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro.

Referências

ARRUDA, Maria da Conceição Calmon; A Reforma do ensino médio técnico:democratização ou cerceamento? Rio de Janeiro, 2007.185p. Tese de doutorado – Departamento de Educação, Pontifica Universidade Católica do Rio de Janeiro.

BRASIL, Ministério da Educação. Resolução n.º 3, de 21 de novembro de 2018. Atualiza as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio. Brasília: MEC, 2018b.

______. Lei nº 13.415, de 16 de fevereiro de 2017. Altera as Leis nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília, DF, 2017.

______. Base Nacional Comum Curricular – Ensino Médio. Documento homologado pela Portaria n° 1.570, publicada no D.O.U. de 21/12/2017, Seção 1, Pág. 146. Brasília, 21 de dezembro de 2017b.

______. Medida Provisória nº 746/2016. Institui a política de fomento à implementação de escolas de ensino médio em tempo integral, altera a Leis nº 9.394, a Lei nº 11.494/2007 e dá outras providências. Brasília, 2016.

_______. Resolução CNE/CEB 02/2012. Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio. Brasília, 2012.

_______. Lei nº 5.692, de 11 de Agosto de 1971. Fixa Diretrizes e Bases para o ensino de 1° e 2º graus. Brasília, DF, 1971.

______. Parecer no 853/71, de 12 de novembro de 1971, do CFE. Núcleo-comum para os currículos do ensino de 1 0 e 20 graus. A doutrina do currículo na Lei 5.692. In: Documento no 132, Rio de Janeiro, nov. 1971

______. Lei nº 4.024, de 20 de dezembro de 1961. Fixa as diretrizes e bases da educação nacional. Lei de Diretrizes e Bases da Educação-LDB. Brasília, DF, 1961.

______. Decreto-Lei nº 4.073, de 30 de janeiro de 1942. Lei Orgânica do Ensino Industrial. Disponível em: <https://www2.camara.leg.br/legin/fed/declei/1940-1949/decreto-lei-4073-30-janeiro-1942-414503-publicacaooriginal-1-pe.html> Acesso em: 25.jan.2021.

______. Decreto-Lei nº 4.244, de 09 de abril de 1942. Lei Orgânica do Ensino Secundário. Disponível em:http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto-lei/1937-1946/Del4244.htm.Acesso em: 25.jan.2021

COUTO, Marcos. A Geografia como ciência das práticas e dos saberes espaciais - por um novo modelo clássico de organização curricular. Revista Tamoios, São Gonçalo, v. 13, n. 2, p. 5-25, 17 dez. 2017.UERJ. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/. Acesso em: 19 mar. 2021. DOI: https://doi.org/10.12957/tamoios.2017.30150

______. Ensinar geografia na escola pública de hoje. In: SACRAMENTO, Ana Claudia, ANTUNES, Charlles da França & SANTANA FILHO, Manoel Martins de. Ensino de Geografia – produção do espaço e processos formativos. Rio de Janeiro: Editora Consequência/FAPERJ, 2015.

CUNHA, Luiz Antônio. O ensino industrial-manufatureiro no Brasil. Revista Brasileira de Educação, n.14, maio/ago. 2000a, p.89-107.

ENGELS, Frederich. Sobre o papel do trabalho na transformação do macaco em homem. In: ANTUNES, Ricardo (org.). A dialética do trabalho: escritos de Marx e Engels. São Paulo: Expressão Popular, 2013. p. 13-29.

FONSECA, James.O ensino de Geografia no Brasil. 1. ed. Rio de Janeiro: Instituto Panamericano de Geografia e História, 1956. 161 p.

FRIGOTTO, G.; CIAVATTA, M. (Org.). A formação do cidadão produtivo: a cultura do mercado no ensino médio técnico. Brasília, DF: INEP, 2006.

HARVEY, David. O Novo Imperialismo. São Paulo: Edições Loyola, 2004.

KRAWCZYK, Nora. O ensino médio no Brasil. São Paulo: Ação Educativa, 2009.

______. Reflexão sobre alguns desafios do ensino médio no Brasil hoje. Cad. Pesquisa. [online]. 2011, vol.41, n.144, pp.752-769. ISSN 0100-1574. DOI: https://doi.org/10.1590/S0100-15742011000300006

KRUPSKAYA, N.K. A construção da pedagogia socialista: (Escritos selecionados). 1. ed. São Paulo: Expressão Popular, 2017. 344 p.

KUENZER, Acácia. Trabalho e escola: a flexibilização do ensino médio no contexto do regime de acumulação flexível. Educ.Soc.; Campinas, v. 38, nº. 139, p.331-354, abr.-jun., 2017. Disponível em: http://www.cedes.unicamp.br. Acesso em: 1 jun.2021. DOI: https://doi.org/10.1590/es0101-73302017177723

______. Da dualidade assumida à dualidade negada: o discurso da flexibilização justifica a inclusão excludente. Educ.Soc.; Campinas, vol.28, n.100, p.1153-1178, 2007. Disponível em: http://www.cedes.unicamp.br. Acesso em 1 jun. 2021 DOI: https://doi.org/10.1590/S0101-73302007000300024

______. Educação e trabalho no Brasil: o estado da questão. Brasília: INEP, 1991.

______. O trabalho como princípio educativo. Cadernos de Pesquisa, São Paulo: Fundação Carlos Chagas, n. 68, p. 21-28, 1989.

______. Ensino de 2º grau: o trabalho como princípio educativo. São Paulo: Cortez, 1988.

LACOSTE, Yves. A Geografia: isso serve em primeiro lugar, para fazer a guerra.19.ed. Campinas: Papirus, 2012.

MARX, Karl. Grundrisse: manuscritos econômicos de 1857-1858: esboços da crítica da economia política. São Paulo: Boitempo, 2011.

______. Contribuição à Crítica da Economia Política. 1.ed. [1859]. São Paulo, Expressão Popular, 2008.

MANACORDA, M. A. O Princípio Educativo em Gramsci. 3ed. Campinas, SP: Editora alínea, 2019.

______. Marx e a Pedagogia Moderna. Campinas, SP : Editora Alínea, 2007.

______. História da educação: da Antiguidade aos nossos dias. 2. ed. São Paulo: Cortez/Autores Associados, 1989

MELO, Adriany de Á; VLACH, V; SAMPAIO, A.C.F. História da Geografia Escolar Brasileira: continuando a discussão. In: Anais do VI Congresso Luso-brasileiro de História da Educação. Uberlândia, Universidade Federal de Uberlândia, 2006. Disponível em: http://www.faced.ufu.br/colubhe06/anais/arquivos/239AdrianyMelo_VaniaRubia.pdf. Acesso em: 4.abr.2021

MOREIRA, Ruy. A formação espacial brasileira: Contribuição crítica aos fundamentos da Geografia do Brasil. 3. ed. Rio de Janeiro: Consequências, 2020.

MOREIRA, Ruy. Mudar para manter exatamente igual - os ciclos espaciais de acumulação. O espaço total. Formação do espaço agrário. Rio de Janeiro: Consequência, 2018.

______. Sociedade e espaço geográfico no Brasil. São Paulo: Ed. Contexto, 2019.

______. A Geografia do espaço-mundo: conflitos e superações no espaço do capital. 1. ed. Rio de Janeiro: Consequência, 2016.

______. O discurso do avesso. São Paulo: Contexto, 2014.

______. Marxismo e geografia: a geograficidade e o diálogo das ontologias. GEOgraphia, Niterói, v. 6, n. 11, p. 21-37, 2004.

NUNES, Clarice. Escola & Dependência: o ensino secundário e a manutenção da ordem. Rio de Janeiro: Achiamé, 1980, 183p.

______. O Ensino Médio: diretrizes curriculares nacionais. 1. ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2002.

PISTRAK, M. Moisey. Ensaio sobre a escola politécnica. São Paulo: Expressão Popular, 2015.

RODRIGUES, José. A educação politécnica no Brasil. Niterói: EdUFF, 1998.

______. Ainda a Educação Politécnica: o novo decreto da educação profissional e a permanência da dualidade estrutural. Trabalho, Educação e Saúde:Ensaio, Rio de Janeiro, v. 3, ed. 2, p. 259-281, 2005. Disponível em: https://www.scielo.br/j/tes/i/2005.v3n2/. Acesso em: 7 jul.2021. DOI: https://doi.org/10.1590/S1981-77462005000200002

SANTOS, Milton. Por uma geografia nova – da crítica da geografia a uma geografia crítica. 6. ed. São Paulo: EDUSP, 2012.

______. Por uma outra globalização: do pensamento único à consciência universal. 10. ed. Rio de Janeiro: Record, 2001.

______. A natureza do espaço. 2. Ed. São Paulo: Editora Hucitec, 1996.

SAUER, C. O. A morfologia da paisagem. In: CORRÊA, R.L.,

ROSENDAHL, Z. (Orgs.) Paisagem, tempo e cultura. Rio de Janeiro: Ed.UERJ, 1998.

SAVIANI, D. História das ideias pedagógicas no Brasil. 5. ed. Campinas, SP: Autores associados, 2019.

SAVIANI, D. A nova lei da educação: LDB: trajetória, limites e perspectivas. 12.ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2011.

______. Pedagogia histórico-crítica: primeiras aproximações. 8. ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2003.

______. O choque teórico da politecnia. Trabalho, Educação e Saúde: Debate. Rio de Janeiro, v. 1, ed. 1, p. 131-152, 2003. Disponível em: https://www.scielo.br/j/tes/a/zLgxpxrzCX5GYtgFpr7VbhG/?lang=pt. Acesso em: 7 jul. 2021. DOI: https://doi.org/10.1590/S1981-77462003000100010

______. Sobre a Concepção de Politecnia. Rio de Janeiro: Ministério da Saúde, Fundação Oswaldo Cruz, Politécnico da Saúde Joaquim Venâncio, 1989.

SHULGIN. N. Viktor. Rumo ao politecnismo. São Paulo: Expressão Popular, 2013

TRICART, Jean. Ecodinâmica. Rio de Janeiro: SUPREN/IBGE, 1997.

QUAINI, Massimo. Marxismo e Geografia. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2002.

VIADANA, Adler Guilherme. A teoria dos refúgios florestais aplicada ao estado de São Paulo. Rio Claro: Edição do Autor, 2002.

VLACH, Vânia. Geografia em debate. Belo Horizonte: Lê, 1990.

______. Geografia em construção. Belo Horizonte: Lê, 1991.

Downloads

Publicado

2024-06-14

Como Citar

GOMES DA SILVA, J. Ensino de geografia no Ensino Médio: aproximações entre trabalho e geografia. Terra Livre, [S. l.], v. 2, n. 61, p. 316–359, 2024. DOI: 10.62516/terra_livre.2023.3420. Disponível em: https://publicacoes.agb.org.br/terralivre/article/view/3420. Acesso em: 22 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos