Migração e segregação

o caso dos imigrantes haitianos em Curitiba

Autores

Palavras-chave:

Imigrante, Integração, Desigualdade

Resumo

Neste artigo, apresento os resultados de dois estudos realizados com imigrantes haitianos, resultado de duas pesquisas de iniciação científica realizadas em 2020 e 2021 sobre imigrantes haitianos na cidade de Curitiba, Brasil, com uma abordagem baseada na discussão da migração e segregação espacial. Este artigo traz um conjunto de reflexões e pesquisas sobre as desigualdades socioeconômicas e territoriais que os imigrantes haitianos curitibanos vivenciam no centro urbano de Curitiba. As metodologias utilizadas foram entrevistas, observações e questionários para sua efetividade. O universo estudado inclui alguns imigrantes haitianos residentes em Curitiba no momento da solicitação da pesquisa. Inclui também levantamento bibliográfico, pesquisa documental, sistematização e análise dos dados coletados, bem como discussão de produções teóricas sobre o tema, fundamentais para a compreensão da reprodução da segregação.  Constatamos como nas demais metrópoles do país, em Curitiba, os imigrantes haitianos sendo segregados enfrentam diferentes dificuldades socioespaciais e econômicas. Com base nisso, são necessárias melhores políticas públicas que visem as áreas de serviços, investimentos e infraestrutura para os espaços negligenciados pelo poder público.

 

 

Biografia do Autor

Dieugo Pierre, Universidade Federal do Paraná

Departamento de geografia área de geografia humana

Referências

BAENINGER, Rosana; PERES, Roberta. Migração de crise: a migração haitiana para o Brasil. In: Revista Brasileira de Estudos de População, Belo Horizonte, v.34, n.1, p.119-143, jan./abr. 2017.

CARVALHO Souza André de (2014). Vivendo às margens: habitação de interesse social e o processo da segregação socioespacial em Curitiba. Dissertação submetida ao Programa de Pós-Graduação em Urbanismo, História e Arquitetura da Cidade-PGAU-Cidade da Universidade Federal de Santa Catarina, para obtenção do Grau de Mestre em Urbanismo, História e Arquitetura da Cidade. Florianópolis, 2014. 331.p.

HAESBAERT, Rogério. Dilema de conceitos: espaço-território e contenção territorial. In: MARCOS. Aurelio. SAQUET; eliseu. SAVÉRIO. SPOSITO. TERRITÓRIOS E TERRITORIALIDADES: TEORIAS, PROCESSOS E CONFLITOS. 1. Ed. Editora Expressão Popular, São Paulo. 2009.p.95-120.

SAFI, Mirna. Les inégalités ethno-raciales sur le marché du travail. In: SAFI, Mirna. Les inégalités ethno-raciales. 2013. pages 39 à 56.

SAFI, Mirna. Les inégalités ethno-raciales dans la ville. In: SAFI, Mirna . Les inégalités ethno-raciales. 2013. p. 57 à 68.

SOUZA de Lopes Marcelo. “Território” da divergência (e da confusão): em torno das imprecisas fronteiras de um conceito fundamental. In: MARCOS. AURELIO. SAQUET; ELISEU. SAVÉRIO. SPOSITO. Territórios e territorialidades: teorias, processos e conflitos. 1ª edição. Editora Expressão Popular, São Paulo. 2009. p.57-73.

VIEIRA, Cainã Domit. A mobilidade do capital: do trabalho precário à (des)proteção jurídica e social do imigrante na região metropolitana de Curitiba. In: VIEIRA Cainã Domit. Imigração, trabalho e precarização: as condições de trabalho do imigrante haitiano na região metropolitana de Curitiba a partir de 2013. Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais Aplicadas. Ponta Grossa. 2016.

Downloads

Publicado

2022-12-29

Como Citar

PIERRE, D. Migração e segregação: o caso dos imigrantes haitianos em Curitiba. Terra Livre, [S. l.], v. 1, n. 58, p. 197–222, 2022. Disponível em: https://publicacoes.agb.org.br/terralivre/article/view/2284. Acesso em: 30 jan. 2023.

Edição

Seção

Artigos