A IMPLEMENTAÇÃO DA BNCC E SUAS REPERCUSSÕES NO TRABALHO DOCENTE: UMA ANÁLISE A PARTIR DAS NARRATIVAS DOS SUJEITOS

Autores

Resumo

Neste trabalho, analisamos a compreensão dos professores de Geografia da rede municipal de ensino de Feira de Santana/Bahia acerca do processo de implementação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) de Geografia e suas repercussões no trabalho docente. Trata-se de uma pesquisa exploratória e descritiva, realizada a partir de quatro etapas: levantamento bibliográfico, levantamento de dados, tratamento e análise dos dados a partir da Análise Textual Discursiva (ATD) e a construção do metatexto. Para análise utilizamos duas categorias: a compreensão e os impactos da BNCC.  Os dados apontam que a Base assume dois sentidos para os docentes: a de padronização curricular e a de documento norteador do ensino. Para 80% dos docentes, a implementação da BNCC de Geografia produzirá alguma transformação na sua prática docente, no entanto não existe um consenso a respeito de quais são esses impactos.

Biografia do Autor

Jailton Santos Silva, Centro de Educação Básica da UEFS.

Mestre em Educação (PPGED/UFS), Especialista em Ensino de Geografia (IDGEMA/UFAL), Graduado em Licenciatura em Geografia (UFS). Professor da rede municipal de ensino de Feira de Santana/Bahia. 

Gilcileide Rodrigues da Silva, Universidade Federal de Alagoas (UFAL)

Pós-Doutorado pela Universidade de Lisboa - Portugal. Doutorado em Geografia (Geografia Humana) pela Universidade de São Paulo. Professora do Programa de Pós-graduação em Geografia da Universidade Federal de Alagoas (UFAL).

Referências

APPLE, M. W. Repensando ideologia e currículo. IN: MOREIRA, A. F. B.; SILVA, T. T. S. (Orgs.). Currículo, cultura e sociedade. 3. ed. São Paulo: Cortez, 1999, p. 39-57.

AZEVEDO, A. C. F.; SACRAMENTO, A. C. R. O currículo mínimo de Geografia frentes às políticas curriculares nacionais. In: LOMBARDI, A. P. (org.). Geografia: políticas e democracia 2. Ponta Grossa (PR): Atena Editora, p.47-53, 2019. – (Geografia: Políticas e Democracia; v. 2).

BRASIL. Ministério da Educação e Cultura. Base Nacional Comum Curricular. Educação Infantil e Ensino Fundamental. 2017. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/wp-content/uploads/2018/02/bncc20dez-site.pdf. Acesso em: 26 nov. 2018.

CALLAI, H. C. A Geografia ensinada: os desafios de uma educação geográfica. In: MORAIS, E. M. B.; MORAES, L. B. (Orgs.). Formação de professores: conteúdos e metodologias no ensino de Geografia. Goiânia: NEPEG, p. 15-38, 2010.

CAVALCANTI, L. S. Bases teórico-metodológicas da Geografia: uma referência para a formação e a prática de ensino. IN: ______. Formação de professores: concepções e práticas em Geografia. Goiânia: Vieira, p. 27-49, 2006.

COSTA, V. S. S. Base Nacional Comum Curricular como política de regulação do currículo, da dimensão global ao local: o que pensam os professores? 2018. 185f. Tese (Doutorado em Educação: Currículo) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2018.

FREITAS, A. A Base Nacional Comum Curricular e a educação banqueira. Carta Capital, São Paulo, v. 11, 2016.

GALIAZZI, M. C.; SOUSA, R. S. A dialética na categorização da análise textual discursiva: o movimento recursivo entre palavra e conceito. Revista Pesquisa Qualitativa, v. 7, n. 13, p. 01-22, 2019.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4 ed. São Paulo: Atlas, 2002.

GIROTTO, E. D. Pode a política pública mentir? A base nacional comum curricular e a disputa da qualidade educacional. Educação & Sociedade, v. 40, 2019.

GIROTTO, E. D. Dos PCNs a BNCC: o ensino de Geografia sob o domínio neoliberal. Geo Uerj, n. 30, p. 419-439, 2017.

GONÇALVES, F. P. Considerações de natureza epistemológica sobre a análise textual discursiva. Educação, v. 43, n. 1, p. 1-12, 2020.

GRESSLER, L. A. Introdução à pesquisa: projetos e relatórios. 3.ed. São Paulo: Loyola, 2007.

GUIMARÃES, I. V. Ensinar e aprender Geografia na Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Ensino em Re-Vista, v. 25, n. 4, p. 1036-1055, 2018.

LOPES, A. C. Apostando na produção contextual do currículo. In: AGUIAR, M. A. S.; DOURADO, L. F. A BNCC na contramão do PNE 2014-2024: avaliação e perspectivas. Recife: ANPAE, 2018.

MACEDO, E. Base Nacional Curricular Comum: novas formas de sociabilidade produzindo sentidos para educação. Revista E-curriculum, v. 12, n. 3, p. 1530-1555, 2014.

MACEDO, E. “A base é a base”. E o currículo o que é? In: AGUIAR, M. A. S.; DOURADO, L. F. A BNCC na contramão do PNE 2014-2024: avaliação e perspectivas. Recife: ANPAE, 2018.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de metodologia científica. 6.ed. São Paulo: Atlas, 2009.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Técnicas de pesquisa: planejamento e execução de pesquisas, amostragens e técnicas de pesquisa, elaboração, análise e interpretação de dados. 7 ed. São Paulo: Atlas, 2011.

MORAES, R.; GALIAZZI, M. C. Análise textual discursiva: processo reconstrutivo de múltiplas faces. Ciência & Educação, v.12, n.1, p.117-128, 2006.

MUSTAFÉ, D. N. O ensino de Geografia na BNCC do ensino fundamental (anos iniciais e anos finais): a escala geográfica e o conceito de lugar com vistas à formação cidadã do aluno. 2019. 105 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2019.

OZÓRIO, A. M. O ensino da geografia e sua especificidade na base nacional comum curricular brasileira: uma cartografia das ausências. 2018. 127 f. Tese (Doutorado em Educação: Currículo) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2018.

SACRISTÁN, J. G. O currículo: uma reflexão sobre a prática. Tradução Ernani F. da F. Rosa. 3ª ed. Porto Alegre: Artmed, 2000.

SÁNCHEZ VÁSQUEZ, A. Filosofia da Práxis. 1ª ed. Buenos Aires: Consejo Latinoamericano de Ciencias Sociales – CLACSO; São Paulo: Expressão Popular, Brasil, 2007.

SILVA, A. S. Questões que perpassam o ensino de geografia com as proposições da base nacional comum curricular. Revista Brasileira de Educação em Geografia, Campinas, v. 7, n. 13, p. 417-437, jan./jun., 2017.

Downloads

Publicado

2021-06-30

Como Citar

SILVA, J. S.; SILVA, G. R. da. A IMPLEMENTAÇÃO DA BNCC E SUAS REPERCUSSÕES NO TRABALHO DOCENTE: UMA ANÁLISE A PARTIR DAS NARRATIVAS DOS SUJEITOS. Terra Livre, [S. l.], v. 2, n. 55, 2021. Disponível em: https://publicacoes.agb.org.br/terralivre/article/view/2063. Acesso em: 30 jan. 2023.

Edição

Seção

Artigos