Territorialidade indígena no Rio Grande do Sul

Autores

  • Fernando Ernesto Baggio Di Sopra Universidade Federal do Rio Grande do Sul Programa de Pós-Graduação em Dinâmicas Regionais e Desenvolvimento - PGDREDES http://orcid.org/0000-0002-6737-3587

Resumo

O presente artigo aborda aspectos referentes à territorialidade indígena no Estado Rio Grande do Sul, buscando identificar territórios-zona e territórios-rede intrínsecos aos povos indígenas Kaingang, Charrua e Mbyá Guarani. Após uma breve revisão bibliográfica sobre o conceito de território, foram sistematizadas as recentes territorializações indígenas no Rio Grande do Sul, as quais, sobrepostas, configuram-se numa multiterritorialidade indígena mais ampla e abrangente. Posteriormente, são analisados três estudos de caso envolvendo indígenas Kaingang: um acadêmico, um cacique de retomada de terra tradicional e uma liderança cuja família reterritorializou-se em uma metrópole. No primeiro caso, são transcritos trechos do TCC do indígena Douglas Jacinto da Rosa, no qual constam conceitos como Jykrê e Nanh Ga, bastante úteis para a compreensão da territorialidade Kaingang. Por fim, são transcritos trechos de entrevistas realizadas com duas lideranças Kaingang: Maurício Salvador, da retomada da Floresta Nacional de Canela/RS, e João Carlos Padilha, da comunidade Kaingang de Porto Alegre e da Terra Indígena Borboleta, reivindicada por seu povo.

Biografia do Autor

Fernando Ernesto Baggio Di Sopra, Universidade Federal do Rio Grande do Sul Programa de Pós-Graduação em Dinâmicas Regionais e Desenvolvimento - PGDREDES

Mestrando em Dinâmicas Regionais e Desenvolvimento, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS - Campus Litoral Norte. Graduado em Gestão Ambiental, pelo Centro de Ensino Superior de Maringá (2014). Trabalha como Agente em Indigenismo, na Fundação Nacional do Índio - FUNAI e tem experiência nas áreas de Etnodesenvolvimento, Monitoramento Territorial e Gestão Ambiental em Terras Indígenas.

Downloads

Publicado

2020-09-27

Como Citar

BAGGIO DI SOPRA, F. E. Territorialidade indígena no Rio Grande do Sul. Terra Livre, [S. l.], v. 1, n. 54, p. 686–722, 2020. Disponível em: https://publicacoes.agb.org.br/terralivre/article/view/1942. Acesso em: 30 jan. 2023.

Edição

Seção

Artigos