O cinema, a Geografia e a sala de aula: relato de experiência no estágio docente no colégio técnico da UFMG

Autores

  • Thiago Macedo Alves de Brito Escola Estadual Presidente Antônio Carlos - Belo Horizonte - Minas Gerais

Resumo

Este estudo tem por objetivo demonstrar os benefícios da utilização de filmes no processo de ensino e aprendizagem nas aulas de geografia. Sua elaboração utilizou como referência a experiência de estágio docente (PIBID) no Colégio Técnico (COLTEC) da UFMG, consistindo em: planejamento das aulas; aplicação de uma atividade diagnóstica capaz de avaliar o conhecimento prévio da turma e de formular sequências didáticas baseadas nos anseios e nas necessidades dos alunos; e adoção da atividade seminário em sala de aula. A relação entre geografia e cinema parte do pressuposto de que o olhar geográfico acerca das imagens (paisagens) em movimento, imbuído de um pensar e olhar críticos, contribui para o conhecimento e o aprendizado dos conflitos geopolíticos do século XX. A experiência da sala de aula como processo relacional de ensino e aprendizado, tanto dos alunos quando dos professores, é apresentada na sequência, revelando-se como um momento de construção coletiva do conhecimento, a partir do confronto e do debate de ideias que a prática de seminário proporciona. Por fim, esboça-se uma análise crítica da experiência ao apontar os avanços e os limites do processo.

Biografia do Autor

Thiago Macedo Alves de Brito, Escola Estadual Presidente Antônio Carlos - Belo Horizonte - Minas Gerais

Bacharel e licenciado Geografia/UFMG

Especialista em Estudos Ambientais PUC/MG

Mestre e Doutor Geografia/UFMG

Downloads

Publicado

2020-03-02

Como Citar

BRITO, T. M. A. de. O cinema, a Geografia e a sala de aula: relato de experiência no estágio docente no colégio técnico da UFMG. Terra Livre, [S. l.], v. 2, n. 53, p. 426–452, 2020. Disponível em: https://publicacoes.agb.org.br/terralivre/article/view/1748. Acesso em: 30 jan. 2023.