Territórios paradigmáticos: uma leitura preliminar da produção do conhecimento na geografia agrária brasileira a partir dos Encontros Nacionais e dos Congressos Brasileiros de Geógrafos

Autores

  • Bernardo Mançano Fernandes

Resumo

Neste artigo, estudamos a construção do conhecimento e apresentamos nosso método para a análise da produção da geografia agrária brasileira, por meio de trabalhos apresentados desde o Congresso Brasileiro de Geógrafos de 2004 até o Encontro Nacional de Geógrafos de 2012, com algumas considerações sobre o Congresso Brasileiro de Geógrafos de 2014. Nosso objetivo é entender como os estudos brasileiros de graduação e de pós-graduação constroem o conhecimento sobre o campo brasileiro e sua questão agrária. Analisamos as mudanças temáticas no período, de acordo com o movimento da conjuntura da questão agrária, e identificamos a participação dos estudiosos brasileiros no debate paradigmático. Procuramos analisar as posturas dependentes de outras áreas do conhecimento e as autônomas, tanto de pesquisadores individuais como de coletivos de pensamento, por meio da construção de estilos de pensamento. Nos últimos dez anos, construímos um método e procedimentos metodológicos para analisar o avanço do pensamento na geografia agrária. Nosso trabalho consiste em analisar dados e conteúdos dos trabalhos apresentados nos eventos da Associação dos Geógrafos Brasileiros (AGB), a partir de pesquisadores individuais e de grupos de pesquisas, para a compreensão das mudanças recentes dos processos teórico e político dos temas agrários e da própria geografia. Este artigo não apresenta resultados conclusivos, mas o início do processo de uma pesquisa de longo prazo.

Biografia do Autor

Bernardo Mançano Fernandes

Professor da Universidade Estadual Paulista (UNESP), pesquisador do CNPq

Downloads

Publicado

2016-02-08

Como Citar

FERNANDES, B. M. Territórios paradigmáticos: uma leitura preliminar da produção do conhecimento na geografia agrária brasileira a partir dos Encontros Nacionais e dos Congressos Brasileiros de Geógrafos. Terra Livre, [S. l.], v. 1, n. 42, p. 23–46, 2016. Disponível em: https://publicacoes.agb.org.br/terralivre/article/view/560. Acesso em: 19 jul. 2024.