Geografia e land grabbing

elementos para uma compreensão geográfica do controle do território no século XXI

Autores

Palavras-chave:

Estrangeirização da terra, Território, Escala, Geopolítica

Resumo

O debate em torno do processo de land grabbing, entendido neste artigo como controle do território, ou seja, o poder de controlar o território e o acesso a ele, intensificou-se a partir da crise de sobreacumulação de 2007/2008. Como é um processo em ascensão, acadêmicos, governos e instituições multilaterais têm se dedicado a compreendê-lo. Algumas interpretações, que consideram o land grabbing como um processo homogêneo, têm se mostrado equivocadas. O objetivo deste artigo é realizar o debate do processo do land grabbing a partir da perspectiva analítica da Geografia. Para tanto, foi realizada ampla revisão bibliográfica sobre a temática. A conclusão foi que a Geografia apresenta uma significativa contribuição para o entendimento do processo porque permite uma abordagem territorial, escalar e geopolítica, possibilitando a captura da totalidade do land grabbing.

Biografia do Autor

Lorena Izá Pereira, Seção Local João Pessoa

Doutora em Geografia pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), campus de Presidente Prudente. Pós-doutoranda do Instituto de Políticas Públicas e Relações Internacionais (IPPRI/UNESP). Pesquisadora do Land Matrix (ponto focal América Latina e Caribe).

Referências

ALENTEJANO, Paulo Roberto Raposo; TAVARES, Eduardo. Os Grandes Projetos de Desenvolvimento (GDPs): uma análise crítica a partir da Geografia. Terra Livre, v. 1, n. 52, p. 190-233, jan.-jun./2019.

ANSEEUW, Ward. The rush for land in Africa: resource grabbing or green revolution? South Africa Journal of International Affairs, v. 20, n. 1, p. 159-177, 2013.

ARRIGHI, Giovanni. The Long Twentieth Century. Londres: Verso, 1996.

BARBANTI JR, Olympio. Internacionalização de terras no Brasil: perspectivas para o setor de plantações de madeira. Estudos Internacionais, v. 5, n.2, p. 132-154, 2017.

BARBESGAARD, Mads. Blue growth: saviour or ocean grabbing? VI Critical Agrarian Studies Colloquium, The Hague, 2016. Anais..: The Hague, 2016.

BECKER, Berta. O uso político do território: questões a partir de uma visão do terceiro mundo. BECKER, Berta; HAESBAERT, Rogério; SILVEIRA, Carmen Beatriz (Org.). Abordagens políticas da espacialidade. Rio de Janeiro: UFRJ, p. 01-21, 1983.

BECKER, Berta. A Geopolítica na Virada do Milênio: Logística e desenvolvimento sustentável. CASTRO, Iná Elias de; CORRÊA, Roberto Lobato; GOMES, Paulo Cesar da Costa (Org.). Geografia: Conceitos e Temas. Rio de Janeiro: Editora Bertrand Brasil, p. 271-307, 2005.

BOECHAT, Cássio Arruda; PITTA, Fábio Teixeira; TOLEDO, Carlos de Almeida. Land Grabbing e crise do capital: possíveis intersecções dos debates. GEOgraphia, v. 19, n. 40, p. 75-91, 2017.

BORRAS JR, Saturnino; FRANCO, Jennifer. Towards a Broader View of the Politics of Global Land Grab: rethinking land issues, reframing resistance. ICAS Working Paper Series, The Hague, 2010a.

BORRAS JR, Saturnino; FRANCO, Jennifer. From Threat to Opportunity? Problems with the Idea of a "Code of Conduct" for Land- Grabbing. Yale Human Rights and Development Journal, v. 13, n. 2, 2010b.

BORRAS JR, Saturnino; LIU, Juan; HU, Zhen; LI, Hua; WANG, Chunyu, XU, Yunan; FRANCO, Jennifer; YE, Jingzhong. Land control and crop booms inside China implications for how we think about the global land rush. Globalizations, v. 15, n. 1, p. 134-151, 2018.

BRENNER, Neil. Reestruturação, reescalonamento e a questão urbana. GEOUSP – espaço e tempo, n. 33, p. 198-220, 2013.

CASTRO, Josué de. Geopolítica da fome: ensaio sobre os problemas de alimentação e de população do mundo. São Paulo: Editora Brasiliense, 1959.

COLORNI, Ruben Rosenberg. Tourism and land grabbing in Bali – a research brief. Amsterdam: Transnational Institute, 2018.

COSTA, Wanderley Messias da. Geografia Política e Geopolítica: discursos sobre o território e o poder. São Paulo: EDUSP, 2013.

COTULA, Lorenzo. Addressing the human rights impacts of land grabbing. Brussels: Policy Department DG External Policies, European Parliament, 2014.

DIAS, Atos; LIMA, Thiago. Aquisição transnacional de terras: peculiaridades e continuidades de uma novidade velha. LIMA, Marcos Costa; OLIVEIRA, Eduardo Matos (Org.). Estrangeirização de terras e segurança alimentar e nutricional – Brasil e China em perspectiva. Recife: FASA, p. 57-80, 2019.

EDELMAN, Marc; OYA, Carlos; BORRAS JR., Saturnino. Global land grabs: historical processes, theoretical and methodological implications and current trajectories. Third World Quarterly, v. 34, n. 9, p. 1517-1531, 2013.

EDELMAN, Marc. Messy hectares: questions about the epistemology of land grabbing data. The Journal of Peasant Studies, v. 40, n. 03, p. 485-501, 2013.

EDELMAN, Marc. Estudios agrarios críticos: tierras, semillas, soberanía alimentaria y derechos de las y los campesinos. Quito: Editorial IAEN, 2016.

FAIRBAIRN, Madeline. Foreignization, financialization and land grab regulation. Journal of Agrarian Change, v. 15, n. 4, p. 581-591, 2015.

FAIRHEAD, James; LEACH, Melissa; SCOONES, Ian. Green Grabbing: a new appropriation of nature? The Journal of Peasant Studies, v. 39, n. 2, p. 237-261, 2012.

FEODOROFF, Timothé. Quelques clés de lecture pour compendre et analyses l’accaparement des terres. Revue Possibles, p. 12-22, 2013.

FERNANDES, Bernardo Mançano. Sobre a tipologia de territórios. SAQUET, Marco Aurélio; SPOSITO, Eliseu Savério (Org.). Territórios e territorialidades: teorias, processos e conflitos. São Paulo: Expressão Popular, p. 197-215, 2009.

FERNANDES, Bernardo Mançano. Estrangeirização de terras na nova conjuntura da questão agrária. Conflitos no Campo Brasil 2010. Goiânia: Comissão Pastoral da Terra (CPT), 2011.

FRANCO, Jennifer; BORRAS JR., Saturnino M. Grey areas in green grabbing: subtle and indirect interconnections between climate change politics and land grabs and their implications for research. Land Use Policy, v. 84, p. 192-199, 2019.

GILBERT, Jérémie. Land grabbing, investment and indigenous peoples' rights to land and natural resources: cases studies and legal analysis. Copenhagen: International Work Group for Indigenous Affairs (IWGIA), 2017.

HALL, Ruth; EDELMAN, Marc; BORRAS JR., Saturnino; SCOONES, Ian; WHITE, Ben; WOLFORD, Wendy. Resistance, acquiescence or incorporation? An introduction to land grabbing and political reactions 'from below'. The Journal of Peasant Studies, v. 42, n. 3-4, p.467-488, 2015.

HARVEY, David. The New Imperialism. Oxford: Oxford University Press, 2003.

HARVEY, David. O ‘novo’ imperialismo: acumulação por espoliação. Socialist Register, p. 95-125, 2004.

HARVEY, David. A produção capitalista do espaço. São Paulo: Annablume, 2005.

HARVEY, David. A loucura da razão econômica – Marx e o capital no século XXI. São Paulo: Boitempo, 2018.

HOFMAN, Irna; HO, Peter. China’s ‘developmental Outsourcing’: a critical examination of Chinese global ‘land grabs’ discourse. The Journal of Peasant Studies, v. 39, n. 1, p. 1-48, 2012.

HOLMES, George. What is land grabbing? Exploring green grabs, conservation and private protected areas in Southern Chile. The Journal of Peasant Studies, v. 41, n. 4, p. 547-567, 2014.

HOLT-GIMÉNEZ, Eric. Land grabs versus land sovereignty. Food First Backgrounder, n. 18, v. 4, p. 01-04, 2012.

KAY, Sylvia. Land grabbing and land concentration in Europe – a research brief. Amsterdam: Transnational Institute, 2016.

KENNEY-LAZAR, Miles. Plantation rubber, land grabbing and social-property transformation in Laos. The Journal of Peasant Studies, v. 39, n. 3-4, p. 1017-1037, 2012.

LI, Tania Murray. What is land? Assembling a resource for global investment. Transactions, v. 39, p. 589-602, 2014.

McKAY, Ben; ALONSO-FRADEJAS, Alberto; BRENT, Zoe; SAUER, Sérgio; XU, Yunan. China and Latin America: towards a new consensus of resource control? Third World Quarterly, v. 11, n. 1, p. 01-20, 2017.

MARX, Karl. O Capital: crítica da economia política. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1970.

MENDONÇA, Maria Luisa. A economia política do agronegócio. São Paulo: Annablume, 2018.

MOYO, Sam; YEROS, Paris; JHA, Praveen, Imperialism and primitive accumulation: notes on the new scramble for Africa. Agrarian South: Journal of Political Economy, v. 1, n. 2, p. 181-203, 2012.

OLIVEIRA, Ariovaldo Umbelino de. Integrar para não entregar: Políticas Públicas e Amazônia. Campinas: Papirus, 1988.

OLIVEIRA, Ariovaldo Umbelino de. A questão da aquisição de terras por estrangeiros no Brasil - um retorno aos dossiês. Revista Agrária, n.12, p. 03-113, 2010.

OLIVEIRA, Ariovaldo Umbelino de. Tragédia e farsa, a compra de terras por estrangeiros. Jornal Le Monde Diplomatique Brasil, 02 set. 2011.

OLIVEIRA, Ariovaldo Umbelino de. A mundialização da agricultura brasileira. São Paulo: Iãnde Editorial, 2012.

OLIVEIRA, Ariovaldo Umbelino de. A mundialização da agricultura brasileira. OLIVEIRA, Ariovaldo Umbelino de; LIRA, Elizeu Ribeiro; CABRAL, José Pedro Cabrera; SANTOS, Roberto de Souza (Org.). Território em Conflito, Terra e Poder. Goiânia: Kelps, p. 17-103, 2014.

OLIVEIRA, Gustavo de Lima Torres. The geopolitics of Brazilian soybeans. The Journal of Peasant Studies, v. 43, n. 2, p. 348-372, 2016.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA A ALIMENTAÇÃO E AGRICULTURA. Dinámicas del mercado de la tierra en América Latina y el Caribe: concentración y extranjerización. Santiago: FAO, 2012.

PEDLOWSKI, Marcos A. When the state becomes the land grabber: evidence and dispossession in the name of 'development' in Brazil. Journal of Latin American Geography, v. 12, n. 3, p. 91-111, 2013.

PEREIRA, Lorena Izá. Land grabbing, land rush, controle e estrangeirização da terra: uma análise dos temas e tendências da produção acadêmica entre 2009 e 2017. Estudos Internacionais, v. 5, n. 2, p. 34-56, 2017.

PEREIRA, Lorena Izá. "A Tríplice Aliança continua sendo um grande êxito": os regimes de controle do território paraguaio (1870-2019). Presidente Prudente, 2019, 523f. Tese (Doutorado em Geografia), Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Presidente Prudente, 2019.

PEREIRA, Lorena Izá. A Geopolítica da estrangeirização da terra: as estratégias dos agentes chineses para o acesso ao território paraguaio. OKARA: Geografia em Debate, v. 16, n. 1, p. 20-42, 2022.

PINHEIRO-MACHADO, Rosana. Uma ou duas Chinas? A ‘questão de Taiwan’ sob o ponto de vista de uma comunidade chinesa ultramar (Ciudad del Este. Paraguai). Revista Civitas, v. 10, n. 3, p. 468-489, 2010.

PLOEG, Jan Bouwer van der; BORRAS JR., Saturnino; FRANCO, Jennifer. Land concentration and land grabbing in Europe: a preliminary analysis. Canadian Journal of Development Studies, v. 36, n. 02, p. 147-162, 2015.

POLANYI, Karl. A grande transformação: as origens de nossa época. Rio de Janeiro: Campus, 2000.

RAFFESTIN, Claude. Por uma Geografia do Poder. São Paulo: Editora Ática, 1993.

RACINE, Jean-Bernard; RAFESTIN, Claude; RUFY, V. Escala e ação: Contribuição para a interpretação do mecanismo de escala na prática da Geografia. Revista Brasileira de Geografia, ano 45, n. 1, p. 133-145, 1983.

RATZEL, Friedrich. Geografia do homem (Antropogeografia). MOARES, Antonio Carlos Robert de (Org.). Ratzel. São Paulo: Ática.32-107, 1990.

SACK, Robert. Human territoriality: its theory and History. Cambridge: Cambridge University Press, 1986.

SASSEN, Saskia. Lands grabs today: feeding the disassembling of national territory. Globalizations, v. 10, n. 1, p. 25-46, 2013.

SAUER, Sérgio. Corrida mundial por terras e direitos territoriais no Brasil. Revista Agriculturas, v. 8, n. 4, 2011.

SAUER, Sérgio. Terra no século XXI: desafios e perspectivas da questão agrária. Retratos de Assentamentos, v. 19, n. 2, p. 69-97, 2016.

SAUER, Sérgio; BORRAS JR, Saturnino. ‘Land Grabbing’ e ‘Green Grabbing’: uma leitura da ‘corrida na produção acadêmica’ sobre a apropriação global de terras. Revista Campo-Território, Ed. Especial Land Grabbing, Grilagem e Estrangeirização de terras, n. 23, v. 11, p. 06-42, 2016.

SCOONES, Ian; SMALLEY, Rebecca; HALL, Ruth; TSIKATA, Dzodzi. Narratives of scarcity: framing the global land rush. Geoforum, p. 01-11, 2018.

SIKOR, Thomas. Tree plantations, politics of possession and the absence of land grabs in Vietnam. The Journal of Peasant Studies, v. 39, n. 3-4, p. 1077-1101, 2012.

SILVA, Geovana de Oliveira Porto da; SILVA, Thiago Lima da; PEREIRA, Lorena Izá. Estrangeirização de terras agrícolas dos Estados Unidos nos anos 1970: análise de um debate público. Revista NERA, v. 26, n. 65, p. 187-215,jan.-abr., 2023.

SILVA, Thiago Lima da; OLIVEIRA, Erbenia Lourenço de. Land foreignization in the USA and the transnational cooperation of social movements: the role of USFSA. Revista NERA, v. 25, n. 64 ,p.18-41, set.-dez., 2022.

SMITH, Neil. Desenvolvimento desigual. Natureza, capital e a produção do espaço. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1988.

SOUZA, Marcelo Lopes de. ‘Território’ da divergência (e da confusão): em torno das imprecisas fronteiras de um conceito fundamental. SAQUET, Marco Aurélio; SPOSITO, Eliseu Savério (Org.). Territórios e territorialidades: teorias, processos e conflitos. São Paulo: Expressão Popular, p. 57-72, 2009.

SOUZA, Marcelo Lopes de. Os conceitos fundamentais da pesquisa sócio-espacial. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2013.

SOYER, Gabriel de Azevedo; BARBOSA JR, Ricardo. Estrangeirização de terras nas Relações Internacionais do Brasil. Contextualizaciones Latino-Americanas, ano 18, n. 1, p. 01-17, 2018.

VESENTINI, José William. Nova Ordem, Imperialismo e Geopolítica. Campinas: Papirus, 2003.

VISSER, Oane. Running out of farmland? Investment discourses, unstable land values and the sluggishness of asset making. Agricultural Human Values, p. 01-14, 2016.

WILKINSON, John. Land grabbing e estrangeirização da terra no Brasil. MALUF, Renato S.; FLEXOR, Georges (Org.). Questões agrárias, agrícolas e rurais. Conjunturas e políticas públicas. Rio de Janeiro: E-papers, p. 39-51, 2017.

Downloads

Publicado

2023-08-02

Como Citar

IZÁ PEREIRA, L. Geografia e land grabbing: elementos para uma compreensão geográfica do controle do território no século XXI. Terra Livre, [S. l.], v. 2, n. 59, p. 741–771, 2023. Disponível em: https://publicacoes.agb.org.br/terralivre/article/view/2918. Acesso em: 15 jul. 2024.