Uma análise das relações sino-brasileiras no século XXI

características e desafios enfrentados pelos chineses no Ceará

Autores

  • Elidiane Silvia Ferreira Universidade Estadual do Ceará

Palavras-chave:

Migração internacional, relações sino-brasileiras, chineses, Ceará

Resumo

O presente artigo tem por objetivo uma reflexão sobre as características e os desafios que os imigrantes de nacionalidade chinesa vivenciam em sua chegada ao estado do Ceará no Século XXI. Para tanto, fez necessário a realização de duas etapas metodológicas, entre elas: um levantamento bibliográfico e de dados secundários realizado junto aos órgãos públicos e privados e a utilização de dados coletados em visitas aos locais de habitação e moradia dos chineses dentro do estado que nos trazem as questões simbólicas relacionadas ao lugar que deixaram para trás. Acreditamos que a migração chinesa no Brasil bem como no Ceará, acompanharam as relações sino-brasileiras no campo político, econômico, social e cultural e confluem para que novas rotas migratórias se estabeleçam entre esses dois países.

Referências

BAUMAM, Zygmunt. Globalização: as consequências humanas. Tradução, PENCHEL, Marcus. Rio de janeiro: Zahar, 1999.

__________. Estranhos à nossa porta. São Paulo: Editora Zahar, 2017.

BECKER, Olga Maria Schild. Mobilidade espacial da população: conceitos, tipologia, contextos. In: CASTRO, Iná Elias de; GOMES, Paulo Cesar da Costa; CORRÊA, Roberto Lobato. Explorações geográficas: percursos no fim do século (organizadores). Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1997.

BOMTEMPO, Denise Cristina. Migração Internacional, Economia Urbana e Territorialidades. Boletim Goiano de Geografia. 2019, v. 39.

BONGARDT, Annette; NEVES, Miguel Santos. A comunidade empresarial chinesa em Portugal: estratégia de negócio e internacionalização. Campus Universitário de Santiago. Aveiro. Portugal: Área Científica de Gestão G. n.11, 2005.

BRITO, CLEITON FERREIRA MACIEL. Made in China / Produzido no Polo Industrial da Zona Franca de Manaus: o trabalho nas fábricas chinesas' 05/05/2017 238 f. Doutorado em SOCIOLOGIA Instituição de Ensino: UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS, São Carlos Biblioteca Depositária: Biblioteca Comunitária da UFSCar.

CAVALCANTI, Leonardo; TONHATI, Tânia; ARAÚJO, Dina; BOTEGA, Tuíla. (2015). Um Convite às teorias e conceitos sobre migrações internacionais. In. Dicionário Crítico de Migrações Internacionais. Leonardo Cavalcanti [et. Al.], (Org). - Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2017.

CHEN, Miao Shen. Cultura e Educação dos Imigrantes Chineses na Cidade de Cascavel/PR: dois mundos, um mesmo objetivo. Monografia apresentada ao Curso de Especialização em História da Educação Brasileira para obtenção do título de especialista em História da Educação Brasileira da Univ. Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE - Campus Cascavel, 2010.

CUNHA, Neiva Vieira da; MELLO, Pedro Paulo Thiago de. Libaneses e Chineses: sucessão, conflito e disputa numa rua de comércio do Rio de Janeiro. Anuário Antropológico/2005 Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 2006, p. 155-169. (Caminhos da Geografia), 9ª edição.

FERREIRA, E. S. Migração internacional e economia urbana: os chineses no território cearense. 2016.198 f. Dissertação apresentada ao Curso de Mestrado Acadêmico em Geografia do Programa de Pós-Graduação em Geografia do Cento de Ciência e Tecnologia da Universidade Estadual do Ceará, como requisito parcial à obtenção do título de mestre em Geografia.

_________. Migração internacional e economia urbana: os chineses no território cearense. 2016. 198 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Centro de Ciência e Tecnologia, Universidade Estadual do Ceará, 2016.

GOMIDE, Flávia Maciel. Conexões Brasil-China: a migração chinesa no centro de São Paulo. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) – Instituto de Relações Internacionais, Universidade de São Paulo. São Paulo, 2017.

INGLÊS, Paulo. Globalização, mobilidade humana e criatividade: desafiando categorias a partir de três casos de migração forçada em Angola. In: VASCONCELOS, Ana Maria Nogales Vasconcelos, BOTEGA, Tuíla Botega (Org..). Política migratória e o paradoxo da globalização. Porto Alegre: EDIPUCRS, Brasília: CSEM, 2015, p. 169-188.

JABBOUR, Elias Marco Khalil. Projeto nacional, desenvolvimento e Socialismo de Mercado na China de Hoje. Tese de Doutorado apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana, da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas de São Paulo, 2010.

__________. China: infraestruturas e crescimento econômico. São Paulo: A. Garibaldi, 2006.

__________. China, Socialismo e Desenvolvimento - Sete Décadas Depois. São Paulo: Anita Garibaldi; 2ª edição (1 janeiro 2021).]

JAFFRELOT, Christophe; LEQUESNE, Christian. L'enjeu Mondial: Les migrations. Presses de Sciences Po, 2009.

MINGDE, Li. As relações sino-brasileiras: passado, presente e futuro. In: O Brasil e a Ásia no Século XXI: Ao Encontro de Novos Horizontes Edmundo S. Fujita organizador. Brasília: IPRI, 2003, ISBN 85-7631-007-4.

OURIQUES, Helton Ricardo e ANDRADE, Ricardo Sugai de. Desenvolvimento, migração e urbanização e urbanização na China: notas introdutórias. RDE – Revista de Desenvolvimento Econômico, ano XII, Nº 21, julho de 2010. Salvador, BA.

PAULINO, Antonio Luís; PIRES, Cordeiro Marcos. As Relações Brasil e China: possibilidade e limitações. In: PAULINO, Antonio Luís; PIRES, Cordeiro Marcos (Org.). As Relações Brasil e América Latina num contexto de crise: estratégias, intercâmbios e potencialidades. São Pulo: LCTE Editora, 2011.p.19-43.

PIRES, Cordeiro Marcos. A estratégia de modernização da China como expressão de um “modelo asiático”. In: PAULINO, Antonio Luís; PIRES, Cordeiro Marcos (Org.). As Relações Brasil e América Latina num contexto de crise: estratégias, intercâmbios e potencialidades. São Pulo: LCTE Editora, 2011.p.163-188.

SANTOS, Milton. Técnica, espaço, tempo: globalização e meio técnico-científico-informacional. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2008.

_________. A Natureza do espaço: técnica e tempo, razão e emoção. 2. ed. São Paulo: Hucitec, l996.

SANTOS, Miriam de Oliveira. Os “novos estrangeiros”. In: FERREIRA, Ademir Pacelli; VAINER, Carlos; PÓVOA NETO, Helion; SANTOS, Miriam de Oliveira. (Org.). A experiência migrante: entre deslocamentos e reconstruções. Rio de Janeiro: Garamond, 2010, p. 207-208.

SILVA, Carlos Freire da. Das calçadas as galerias: mercados populares de São Paulo. Tese de doutorado apresentada ao Programa de Pós-graduação em Sociologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciência Humanas da Universidade de São Paulo para obtenção de título de Doutor em Sociologia. São Paulo, 2014.

____________. Conexões Brasil-China: a migração chinesa no centro de São Paulo. Cad. Metrop.:São Paulo, 2018. v. 20, n. 41, pp. 223-243.

____________. MADE IN YIWU: rotas comerciais e agenciamentos migratórios. Contemporânea: 2021. v. 11, n. 1 p. 095-124.

SILVA, Maria Aparecida de Moraes; MELO, Beatriz Medeiros de. PARTIR E FICAR. Dois mundos unidos pelas trajetórias de migrantes. Rev. Inter. Mob. Hum., Brasília, Ano XVII, Nº 33, p. 129-151, jul. /dez. 2009.

SUKUP, Viktor. A China frente à globalização: desafios e oportunidades. Rev. Bras. Polít. Int. 45 (2): 82-113 [2002]

VILELA, Elaine Meire. Imigração Internacional e estratificação no mercado de trabalho brasileiro. Tese de Doutorado em Ciências Humanas da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Minas Gerais, 2008.

WANG, Zhaowei. Os determinantes de investimentos chineses e brasileiros no exterior' 15/08/2014 68 f. Mestrado em RELAÇÕES INTERNACIONAIS Instituição de Ensino: UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO, São Paulo Biblioteca Depositária: IRI-USP.

Downloads

Publicado

2023-08-02

Como Citar

FERREIRA, E. S. Uma análise das relações sino-brasileiras no século XXI: características e desafios enfrentados pelos chineses no Ceará . Terra Livre, [S. l.], v. 2, n. 59, p. 369–435, 2023. Disponível em: https://publicacoes.agb.org.br/terralivre/article/view/2902. Acesso em: 16 jul. 2024.