APROPRIAÇÃO SOCIAL DO ESPAÇO URBANO E TERRITORIALIDADE: O DESEJO E A ESPERANÇA PELOS INTERSTÍCIOS

Autores

  • ULYSSES DA CUNHA BAGGIO Professor do Curso de Geografia do Departamento de Artes e Humanidades da Universidade Federal de Viçosa

Resumo

O artigo procura desenvolver uma reflexão crítica acerca do planejamento urbano sob os imperativos da racionalidade capitalista e do mundo da mercadoria, na perspectiva de uma condição mais democrática e favorável a uma efetiva apropriação social do espaço, envolvendo a discussão dos limites e das possibilidades deste percurso. Apresenta-se como um estudo de caso o bairro de Santa Tereza, localizado na Região Leste da cidade de Belo Horizonte, MinasGerais.

Biografia do Autor

ULYSSES DA CUNHA BAGGIO, Professor do Curso de Geografia do Departamento de Artes e Humanidades da Universidade Federal de Viçosa

Doutor em Geografia Humana pela
Universidade de São Paulo

Downloads

Publicado

2015-08-12

Como Citar

DA CUNHA BAGGIO, U. APROPRIAÇÃO SOCIAL DO ESPAÇO URBANO E TERRITORIALIDADE: O DESEJO E A ESPERANÇA PELOS INTERSTÍCIOS. Terra Livre, [S. l.], v. 2, n. 29, 2015. Disponível em: https://publicacoes.agb.org.br/terralivre/article/view/247. Acesso em: 23 jun. 2024.