O homem (um ser múltiplo e indivisível) na Ecologia Humana de Maximilien Sorre

Autores

  • Bernard Teixeira Coutinho Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Resumo

A seguir, poremos em exposição uma análise teórica cujo intento atravessa três campos diferentes, ao mesmo tempo, como exigência do próprio tema em tela. Ei-los: (i) o campo da História do Pensamento Geográfico, ao revisitarmos a Escola Regional Francesa, particularmente quando recuperamos alguns conceitos sorreanos; (ii) o de teoria e método e o da (iii) epistemologia, uma vez que buscamos dialogar com a onto-eco-logia da geografia de Sorre, interiorizada em sua Ecologia Humana. Tal diálogo é resultado do nosso interesse em compreender, dentre outras coisas, o modo como as geografias dos clássicos estudaram a existência humana em comunhão com a vida cotidiana.

Palavras-chave: Ecologia Humana; vida cotidiana; onto-eco-logia; técnica.

Biografia do Autor

Bernard Teixeira Coutinho, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Bernard Teixeira Coutinho possui graduação em Geografia (2014) pela Faculdade de Formação de Professores da Universidade do Estado do Rio de Janeiro e mestrado em Geografia pela mesma instituição. Dedica-se aos estudos de teoria e método, ontologia em Geografia e epistemologia da Geografia.

Downloads

Publicado

2019-08-26

Como Citar

TEIXEIRA COUTINHO, B. O homem (um ser múltiplo e indivisível) na Ecologia Humana de Maximilien Sorre. Terra Livre, [S. l.], v. 1, n. 52, p. 96–125, 2019. Disponível em: https://publicacoes.agb.org.br/terralivre/article/view/1550. Acesso em: 30 jan. 2023.

Edição

Seção

Artigos