Os eventos convertidos em normas na situação geográfica de Petrolina/PE e Juazeiro/BA

Autores

  • Luciana da Costa Feitosa Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

Resumo

O artigo tem por objetivo explicar a relação entre a escala de origem e a escala de realização dos eventos na implementação da regionalização como ferramenta de planejamento. A partir da análise das estratégias de sistematização da RIDE Petrolina-Juazeiro, área prioritária de intervenção da Política Nacional de Desenvolvimento Regional, e da Rede Interestadual de Atenção à Saúde do Vale do Médio São Francisco, primeira experiência de regionalização interestadual da Política de Saúde no Brasil, constatou-se que o processo de regulação normativa do território não segue, necessariamente, o poder hierárquico rígido “de cima para baixo” que emana do ente federal de governo e reverbera nos entes estaduais e municipais. Sendo assim, o conceito de situação geográfica foi usado como instrumento metodológico para compreender a região nas políticas públicas brasileiras.

Biografia do Autor

Luciana da Costa Feitosa, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

Departamento de Geografia - Programa de Pós-Graduação e Pesquisa em Geografia

Downloads

Publicado

26/08/2019

Como Citar

FEITOSA, L. da C. Os eventos convertidos em normas na situação geográfica de Petrolina/PE e Juazeiro/BA. Terra Livre, [S. l.], v. 1, n. 52, p. 439–473, 2019. Disponível em: https://publicacoes.agb.org.br/index.php/terralivre/article/view/1574. Acesso em: 27 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigos