Rio São Francisco e a cidade:

interação socioambiental

Autores

  • Vivian Mendes Hermano UNIMONTES
  • Ana Ivania Alves Fonseca UNIMONTES
  • Ricardo Henrique Palhares UNIMONTES

Palavras-chave:

Rio São Francisco, População, Meio Ambiente

Resumo

O propósito da pesquisa está relacionado a identificação dos tipos de atividades realizadas nas margens do rio São Francisco, bem como a relação que a população desenvolve com o mesmo, no trecho correspondente a área urbana das cidades de Pirapora e Buritizeiro, em Minas Gerais. Trata-se de uma pesquisa exploratória no campo dos estudos sócio ambientais, cujo trecho escolhido compreende a região do alto São Francisco, onde as cidades oferecem condições sócio ambientais que influenciam o modo de vida, conduzindo a diversificação das atividades sociais. O conjunto metodológico da pesquisa constitui-se em duas frentes: a pesquisa bibliográfica e a observação direta da realidade. O aprofundamento teórico e a caracterização da área de estudo se fez a partir do ambiente hidrográfico e urbano, buscando apresentar as características das atividades. No trecho analisado, as categorias identificadas foram: balneário, bares e restaurantes, agricultura de subsistência e pesca.  Os principais usos foram os recreativos, doméstico e comercial, sendo identificadas poucas ações públicas de melhoraria para a relação população e o rio. Esta pesquisa teve a duração de um ano (2017/2018) e foi financiada pela Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES.

Referências

ANA – Agência Nacional de Águas, Superintendência de Informações Hidrogeológicas, (SIH).

Águas Subterrâneas. Brasília. 2005.

BAGGIO, Hernando. HORN, Heinrich Adolf. COSTA, Thiago Martins da. Análise geoquímica de superfície aplicada em áreas de sepultamentos pré-históricos: sítio arqueológico cemitério da Caixa D’água-Buritizeiro-MG. Caminhos de Geografia, Uberlândia-MG v. 14, n. 48, p. 27–37. Dez/2013. Disponível em: http://www.seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/23610. Acesso em: 23, mar, 2019.

CAVALCANTI, C. Sustentabilidade: mantra ou escolha moral? Uma abordagem ecológico-econômica. Estudos Avançados, São Paulo, v. 26, n. 74, p. 35-50, 2012. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ea/v26n74/a04v26n74.pdf. Acesso em: 04 out. 2017.

CASTRO, E. Território, biodiversidade e saberes de populações tradicionais. In: DIEGUES, A. C. (Org.). Etnoconservação: novos rumos para a proteção da natureza nos trópicos. 2. ed. São Paulo: Hucitec e NUPAUB, p. 165-182, 2000.

DICTORO, Vinicius Perez. HANAI, Frederico Yuri . A percepção dos impactos socioambientais no rio São Francisco sob a ótica dos rebeirinhos e moradores locais de Pirapora-MG. R. Ra’e Ga Curitiba. , v.40, p. 195 -210 , Ago/2017. Disponível em : https://revistas.ufpr.br/raega/article/view/46307. Acesso em/ 27, agos, 2020.

D’ANTONA, Álvaro de Oliveira. Do mito malthusiano ao das relações recíprocas. Revista Brasileira de Estudos Populacionais. Belo Horizonte/MG, v.34, n.2, p.243-270, maio/ago. 2017. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbepop/v34n2/0102-3098-rbepop-3098a0006.pdf. Acesso em: 14, maio, 2019.

FILHO, José Vieira Camelo. A dinâmica política, econômica e social do Rio São Francisco e do seu vale. Revista do Departamento de Geografia, São Paulo-SP, v.4, p. 83-93, 2005. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/rdg/article/view/47276 . Acesso em: 26, jun, 2017.

FONSECA, S. F. SANTOS, D.C. MENDONÇA, G. L, GUEDES, C. R. M. Sistema de informações geográficas no Ensino Médio. Revista da Casa da Geografia de Sobral (RCGS), Sobral - CE, V. 15, n. 2, p. 32 - 46, 2013. Disponível em: http://www.uvanet.br/rcgs/index.php/RCGS/article/view/152/187.

Acesso em: 16, abri, 2019.

FONSECA, S. F.; SOUZA, M. J. H.; SILVA, A. C. Análise da precipitação pluviométrica do Município de Pirapora/MG (1961 e 2013). Revista Ra’e Ga, Curitiba-PR, v. 38, p.35 - 49 , Dez./2016. Disponível em: https://revistas.ufpr.br/raega/article/view/41804/29734. Acesso em: 04, mar, 2019.

HOGAN, D. J. Marandola Jr, E. OJIMA, R. (org.). População e ambiente: desafios à sustentabilidade. São Paulo, SP: Blucher, 2010. 105 p.

HUMMEL, D. et al. Inter-and transdisciplinary approaches to population – environment research for sustainability aims: a review and appraisal. Population and Environment, v. 34, n. 4, p. 481-509, 2013. Disponível em:

https://www.populationenvironmentresearch.org/pern_files/papers/Aggarwal_1and2.pdf. Acesso em: 18, out.2018.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA – IBGE. Censo Demográfico Brasileiro de 2010. Rio de Janeiro, 2018.

MARTINE, George; ALVES, José Eustáquio Diniz. E.D. Economia, sociedade e meio ambiente no século 21: tripé ou trilema da sustentabilidade? Revista Brasileira de Estudos Populacionais. Rio de Janeiro/RJ, v.32, n.3, p.433-460, 2015. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbepop/2015nahead/0102-3098-rbepop-S0102-3098201500000027P.pdf. Acesso em: 13 dez. 2017.

MATOS, Rafos. População, recursos naturais e poder territorializado: uma perspectiva teórica supratemporal. Revista Brasileira de Estudos Populacionais. Rio de Janeiro/RJ, v. 29, n. 2, p. 451-476, 2012. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbepop/v29n2/a13v29n2.pdf. Acesso em: 24 set. 2016.

SOTELO, Lilia Susana Padilla. ACHARYA, Arun Kumar. Población y medio ambiente: visión transdisciplinaria de la Geografía de la Población. Inter Espaço, Grajaú/MA v. 3, n. 8 p. 27-51 jan./abr. 2017. Disponível em: file:///C:/Users/User/Downloads/5440-22325-2-PB.pdf. Acesso em: 15, out, 2018.

SOUZA, Antônio Carlos da Silva. Pirapora, uma cidade média no Norte de Minas Gerais. 2008. 120f. Dissertação (Mestrado) – Pontifícia Universidade Católica de Belo Horizonte, Programa de Pós-Graduação Tratamento da Informação Espacial, Belo Horizonte. Disponível em: http://www.biblioteca.pucminas.br/teses/TratInfEspacial_SouzaAC_1.pdf. Acesso em: 04 set. 2012.

Downloads

Publicado

12/07/2022

Como Citar

Hermano, V. M., Fonseca, A. I. A., & Palhares, R. H. (2022). Rio São Francisco e a cidade:: interação socioambiental . Boletim Paulista De Geografia, 1(106), 172–186. Recuperado de https://publicacoes.agb.org.br/index.php/boletim-paulista/article/view/1956